Tag: rugas

Precisamos falar sobre BOTOX – parte 2 #FAIL

MINHAS AMIGAS E MEUS AMIGOS. Estou sem palavras para escrever esse post para vocês, mas vamos lá!

Para quem não leu o primeiro post sobre BOTOX, em resumo, foi o seguinte: fui à dermatologista me consultar sobre um problema nas unhas e acabei comentando sobre umas linhas de expressão que já me incomodam. E aí o Botox entrou na roda. Se tiver um tempinho, clica aqui e confere a história toda!

Pois, bem! Nas andanças da internet, pesquisando sobre o dito cujo, apareceu um produtinho chamado Instantly Ageless by Jeunesse, que promete fazer o efeito do Botox na hora, no caixa, sem burocracia, te deixando com a pele de pêssego por cerca de 8 horas. Vi alguns vídeos, resenhas e até a Adriane Galisteu dizendo que ama o produto. Aí pensei: tenho que comprar esse negócio e testar! Comprei um sachê no site Bella Lune e a entrega foi super rápida, com frete grátis. Mas agora o site está fora do ar :/

Esperei o momento ideal (aquele dia com olheiras e linhas mais marcadas) para fazer o teste, mas nem sempre a vida ajuda, não é, minha gente? E resolvi testar num dia comum. O resultado é: PLOFT! Não curti.

  1. A sensação é de estar passando cola branca na cara, porque o produto seca e repuxa um pouquinho a pele. Será que o Botox de verdade também fica com essa sensação? #estranho
  2. Não mudou praticamente nada. Não sei se eu não soube usar ou se não tenho linhas de expressão suficiente para ver o efeito. Tanto é que fiz meu primeiro vídeo para o blog, na tentativa de mostrar a ação do produto, e não rolou. HAHA #BIGFAIL
  3. Onde o produto é aplicado, a pele fica opaca. Onde o produto não é passado, fica com o brilho natural. Mas essa diferença é corrigida com a maquiagem. Ou seria! Porque…
  4. Fui tentar passar um BB Cream após o produto e também ficou um cocô 😀 O produto ficou descamando, parecia que minha pele estava descascando, mas era o produto saindo.

Mesmo assim, fica aqui o registro da tentativa do vídeo:

instantly-ageless

E deixo também um dos vídeos que vi, com o efeito “milagroso” do produto:

É fato que ameniza as linhas de expressão, notei ao fazer alguns movimentos no rosto. Mas, em geral, minha primeira experiência não foi feliz como eu esperava. Se você usou, curtiu e indica o produto, deixa o seu relato pra gente! Quem sabe eu tento outra vez.

Precisamos falar sobre BOTOX – parte 1

Quem me conhece sabe que não tenho muuuita vaidade. Morro de preguiça de me maquiar todo dia; tento pelo menos disfarçar as olheiras e espinhas com aquele BB Cream ou corretivo amigo <3 Tampouco sou daquelas que corre pra comprar o último lançamento da moda; gosto de peças atemporais, que não vão durar apenas uma estação no meu guarda-roupa.

Uma das minhas poucas vaidades é estar sempre com as unhas grandes e pintadas. Semanalmente, eu mesma corto, lixo e pinto as minhas filhotas! *-* Elas sempre foram bem fortes e resistentes, mas, agora em Dezembro, elas começaram a descascar nas pontas. Achei que era algo temporário e fui levando. Em Janeiro, ainda na mesma, já deixei de pintá-las para dar a elas um descanso. No começo de Fevereiro, sem melhoras, fui à minha dermatologista e ela me receitou um gel e uma vitamina, além de continuar sem esmalte por um tempo 🙁 (Depois eu conto o resultado pra vocês!)

unhas

Não, não são postiças!

Já que estava lá na consulta, aproveitei para me queixar da velhice precoce: “Dra., sabe o que é… eu acho que minha testa está muito envelhecida para minha idade. Ainda nem cheguei aos 30! O que faço?”. Eis que ela me diz: “Bom, você pode usar alguns cremes hidratantes, à base de vitamina C, que previnem e retardam o envelhecimento.” Me deu duas amostras grátis e continuou: “Sei que você é muito nova e provavelmente não quer ouvir falar de Botox, mas você pode estudar também essa possibilidade para um futuro próximo”. Tomei aquele susto! Mas, curiosa como sou, perguntei quanto custava. E ela me disse que cada sessão custa em torno de 800 dilmas, sendo geralmente duas por ano. #choremos

E lá vai a Zilma depois da consulta pensar sobre botox. E, claro, fui conversar com algumas amigas a respeito. Então, a Lahisla me mostrou este vídeo, super esclarecedor, que me fez perder um pouco do preconceito que tinha da toxina botulínica:

Viu as mil e uma utilidades do botox? Fantástico, né? Eu ainda não vou aplicar. Acho que posso ficar nos creminhos por um tempo. Além disso, preciso cumprir o plano de ficar RYCA primeiro! Mas, um dia, quem sabe?! 😉