Tag: publicidade

Dia dos Namorados importado

O Dia de São Valentim, ou Valentine’s Day, ou Dia dos Namorados (em alguns países, mas não no nosso) está chegando ao fim e eu continuo cheia de amor para compartilhar com vocês. A verdade é que, solteira há mais de três anos, já fui um tanto quanto muito amargurada com todas as datas alusivas à celebração do amor romântico, mas, de um tempo para cá, minha reação às melosas declarações de amor dos meus amigos e conhecidos aos seus pares tem sido a mais positiva. Fico cheia de amor também!

Embora no Brasil o Dia dos Namorados seja celebrado em 12 de junho (véspera do Dia de Santo Antônio, o casamenteiro), tenho a impressão que o Valentine’s Day está, aos poucos, chegando às terras canarinhas. Hoje, por exemplo, o Instagram de várias marcas trazia publicações alusivas à data.

valentine's day

Talvez essa seja uma estratégia de marketing, assim como foi a “criação do 12 de junho”. Afinal, o Dia dos Namorados Brasileiro surgiu, provavelmente, da ideia do publicitário João Doria, que trouxe o exemplo dos EUA e apresentou aos comerciantes paulistas. Desculpas para vender nunca são demais, né?! A data chegou, se espalhou e foi um sucesso! Ou vai me dizer que você não comemora o Dia dos Namorados, compra e ganha presentes do Mozão?

O fato é que, se eu administrasse uma marca, usaria e abusaria do Valentine’s Day. Acho o amor o sentimento mais apelativo do mercado e essa não seria a primeira data importada dos States. Que tal a ideia de comemorar o Dia dos Namorados duas vezes por ano?

Para as solteiras

Uma dose dupla de celebração do amor entre os casais pode ser a última coisa que você quer ver, na vida e nas mídias, mas não adianta fingir que os casais não estão por aí esfregando a felicidade na nossa cara em todos os lugares! Não feche os olhos. Melhor aceitar a felicidades alheia e estar de olhos abertos, disponível, com a autoestima lá em cima e um sorriso (e um batom mara) nos lábios para quando a sua felicidade chegar!

gifValentine2

 

Dia do Publicitário

Hoje, 1º de fevereiro, é o Dia do Publicitário e não podia deixar esta data passar em branco, já que temos duas publicitárias aqui no blog \o/\o/

john-travolta-word

Eu, particularmente, tive bastante dúvida no momento de escolher o curso na inscrição do vestibular. Pensei em Educação Física, Letras, Jornalismo… e acabei marcando o fatídico 12B na inscrição da UFC (código do curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda na Universidade Federal do Ceará). Em paralelo, fiz prova para Administração na UECE (Universidade Estadual do Ceará) e Turismo no IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará). Como já havia sido aprovada em Publicidade e Administração, acabei desistindo da segunda etapa do vestibular de Turismo, mas tive que optar por um dos dois cursos em que havia sido aprovada, já que não podia ocupar duas vagas públicas no mesmo semestre. Aí vocês já sabem qual foi minha escolha, claro! Publicidade na veia \m/

Com a Lahisla, foi bem diferente. Ela conta, aqui na página Quem Somos, que decidiu bem cedo que queria ser publicitária.

Ao ingressar na faculdade e principalmente no mercado de trabalho, percebemos que nem tudo é um mar de rosas. Ou de criatividade. É bem verdade que essa profissão, assim como tantas outras, é subestimada. Rotineiramente somos “substituídos” pelo “sobrinho” do cliente e estamos sujeitos à subjetividade e bom senso dele para aprovar o que construímos com base em estudos e experiências.

ficou-bom-mas-falta-aquele-tcham

Às vezes é frustante, não vou mentir. Bate aquele devaneio hipotético: “e se eu tivesse feito outro curso?”. No meu caso, busco conhecimento complementar na área da Administração para preencher esse – digamos – vazio. No mais, seguimos aquela máxima que diz: “a gente se f***, mas se diverte”. Não há alegria maior para um publicitário do que ter seu job aprovado!

job-aprovado-criancas-japonesas

Há, sim: a de ter seu trabalho devidamente reconhecido :’) E dizem que não tem muito segredo para chegar ao sucesso: tem que gostar do que faz e dedicar-se. Então, se você gosta da profissão que escolheu, mergulhe fundo na segunda etapa 😀

“Uns sonham com o sucesso, nós acordamos cedo e trabalhamos duro para consegui-lo” – Abílio Diniz.