agenda_2017_planejamento
Para quem ainda não sabe, sou um pouco obcecada com planejamento. Assim sendo, já pensei no meu ano de 2017 de frente para trás e de trás para frente mais de uma vez. Minha agenda do ano que vem, por exemplo, comprei em novembro, e já está cheia de marcos e planos. Resolvi compartilhar aqui no blog um pouco dos meus motivos e métodos de planejamento pessoal. Vou começar com uma citação de Lewis Carrol em Alice no País das Maravilhas que diz: “Para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve”.

Outra citação famosa que diz o mesmo é do filósofo Sêneca: “nenhum vento sopra a favor de quem não sabe para onde ir”. Essas frases são repetidas incansavelmente em palestras motivacionais e foi, com certeza, em uma delas que as ouvi pela primeira vez. A questão é que, quando penso sobre isso, tenho o forte desejo de não ser apenas mais um barquinho à deriva. Como boa representante da geração Y, eu preciso de significado!

Isso também ficou claro pra mim quando tive a oportunidade de começar a trabalhar com planejamento dentro de empresas. Fiquei fascinada com as identidades organizacionais. De repente, era muito óbvio que, antes de saber o que eu queria para a minha vida, no presente e no futuro, era necessário me aprofundar um pouco mais em minha própria identidade. Os meus objetivos precisariam estar intimamente ligados à minha missão de vida e aos meus valores para que não afundassem em um barco furado à deriva no oceano.

É assim, então, que começo todos os meus planejamentos, elaborando a minha missão e os meus valores. Hoje, não preciso mais criá-los, já estão bem definidos, mas não há nenhum planejamento que eu faça em que eu não comece reescrevendo esses dois tópicos.

Minha missão: Fazer a diferença de uma forma positiva na vida das pessoas
Meus valores: Gentileza, resiliência, foco e excelência

Isso é uma estratégia não apenas de planejamento, mas de marketing pessoal, e as duas coisas estão completamente conectadas. Para saber onde queremos ir, primeiro precisamos saber quem nós somos e esse processo exige reflexão e tempo. Um professor uma vez me disse que é necessário dedicar tempo para termos tempo. Ele estava falando sobre planejamento e, acredite, o tempo que você gastar planejando será um investimento em muito mais tempo no futuro!

Durante o mês de dezembro, todas as segundas-feiras, farei uma publicação sobre planejamento. Na próxima semana, vou falar um pouquinho sobre como criar a sua própria missão e valores e, assim, decidir o rumo que seu barco deve tomar.

seneca_planejamento

Joga na rede!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone