Sim, sou feliz fazendo dieta

Existe um meme que circula por esse mundão da internet que diz assim: “ou você é feliz ou faz dieta”. Concordo que comer é um dos maiores prazeres da vida, mas acredito que a autoestima é crucial para a felicidade. É preciso amor próprio.

dieta-carminha

Se você é feliz com o corpo que tem e comendo o que deseja, você deve fazer parte da minoria da população, segundo minhas estatísticas de achismo! Ouço, praticamente todos os dias, pessoas dizerem que não estão felizes com o seu corpo. E eu me incluía nesse grupo num certo período entre 2013 e 2015. Tinha chegado a um peso que meu corpo nunca tinha conhecido e isso estava me incomodando muito. Mas reclamar, reclamar e não fazer nada a respeito não adianta, né? “Um belo dia resolvi mudar”, como diria Rita Lee.

O primeiro passo foi tentar praticar corrida, ainda que sem ajuda profissional. Era uma atividade que já tinha tentado iniciar várias vezes, mas sempre desistia por algum motivo que camuflava a preguiça. Em agosto de 2015, comecei a tomar mais gosto pela corrida quando participei da minha primeira corrida de rua, proporcionada pela empresa na qual trabalho. Em outubro do mesmo ano, entrei na academia. Acho que esse foi o passo mais decisivo. Passei a frequentar a academia praticamente todos os dias, inclusive domingos e feriados (coisas que a Smart Fit nos proporciona!). Simultaneamente, comecei, por conta própria, uma discreta reeducação alimentar.

Com esse combo academia e alimentação saudável (ou menos porquinha!), cheguei em janeiro deste ano (2016) com praticamente todos os quilos indesejados perdidos. 😀 A vontade de continuar nesse novo estilo de vida só crescia. No mês seguinte, comecei mais duas atividades: sapateado e corrida, esta de forma regular e com acompanhamento profissional, da assessoria Hapvida +1K. E, pasmem, ambas GRATUITAS. Quando a gente tem um objetivo claro, desejo e determinação para alcançá-lo, caminhos não faltam!

Gente, preciso compartilhar com vocês: comecei a me ver com outros olhos no espelho. E comecei a amar isso! <3

gretchen-emocionada

Emocionada :~)

O mais recente passo que dei nesse processo, que deveria ou poderia ter sido um dos primeiros, foi agendar uma consulta com Nutricionista. A primeira consulta foi em julho – comecei a dieta no meio das minhas férias – e, nos primeiros 45 dias, consegui substituir 4% de gordura por massa magra na composição corporal. Imagina o tamanho da felicidade?

A rotina é difícil? Sim, não vou mentir. Acordo cedo de segunda a sábado, ando pra cima e baixo com minha lancheira, faço atividades todos os dias – às vezes duas por dia, chego em casa cansada e ainda tenho que arrumar tudo para o outro dia. Mas sabe o que é mais impressionante? É a capacidade das pessoas não apenas notarem a mudança, mas fazerem comentários desnecessários sobre uma decisão que EU tomei.

– “Nossa, você ‘tá’ magra demais. Come mais.”

– “Já ‘tá’ tão magrinha. Quer sumir?”

– “Dieta pra quê, se ‘vamo’ ‘tudo’ morrer?”

(…)

olhos-revirando

Eu não cheguei ao ponto de abdicar da pizza ou cervejinha com amigos. Também não julgo quem decide por abdicar ou quem come o que quer, se assim julgar melhor. Descobri que o segredo da minha autoestima e felicidade HOJE está no equilíbrio. No final das contas, além da saúde, o que importa é a autoestima. Então, SIM, SOU FELIZ FAZENDO DIETA. E muitas atividades \o/

E vocês podem conferir o resultado dessa minha descoberta na comparação abaixo entre uma foto de novembro/2014 e setembro/2016 😀

zilma-2014-2016

Nov/2014 x Set/2016

Joga na rede!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

3 Comments

  1. Tá maravilhosa!!! O resto é recalque…

  2. Amei! Estou nessa desde 2015 e já escutei todos esses comentários também! Também sou muito mais feliz agora! ???

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*