Quem me conhece sabe que adoro mudar meu cabelo. E quem já me conhecia em meados de 2011/2012 sabe que fui ruiva nessa época. Mas, na verdade, eu não gostei do tom de ruivo que ficou (nem lembro a numeração e marca) e acabei voltando pro castanho e depois para as mechas loiras que usava antes. Pra quem não conhece ou não lembra, a prova do crime está logo abaixo.

Ruivo vermelhón [2012]

Ruivo vermelhón [2012]

Ano passado [2015], eu desisti das mechas loiras no cabelo todo, pintei de um tom de castanho similar ao meu natural e depois acabei tentando fazer umas mechas mais discretas só nas pontas. As mechas deveriam ficar num tom de caramelo, mas abriram bastante depois de alguns meses.

Ô coisa difícil é um cabeleireiro acertar a cor que eu quero! [Momento desabafo, colegas!]

Pois bem… Nesse ano [2016], resolvi tentar ser ruiva mais uma vez. Agora com mais pesquisa e mais conhecimento de causa, mas ainda longe de ser uma especialista no assunto, óbvio. Depois de ler alguns blogs de ruivas, descobri que ir do loiro (mesmo que apenas mechas) para o ruivo exige certa paciência.

Primeiro, é preciso fazer o que é chamado de correção de cor (a outra opção seria descolorir o cabelo todo – sem chance, por enquanto), para tirar o máximo possível de loiro que, no meu caso, ainda estava nas pontas dos cabelos. Então a primeira pintura ficou quase um castanho mesmo, com as pontas mais escuras por conta da correção. Mas o loiro é danado e não some assim tão fácil. Essa primeira pintura que fiz foi com a cor 7.3 (ou 7.4) da marca Matrix, disponível no salão que fui (fiquei com tanta dúvida entre as duas na hora, que nem lembro mais a cor exata, mas são bem próximas).

cartela-de-coloracao-de-cabelo-socolor-beauty-matrix

Cartela de cores da Matrix. [Clique para ampliar.]

Logo depois, vi uma ruiva DIVA na academia. Engoli a vergonha (e o medo de ser tratada com antipatia, porque não é toda mulher que conta seus “segredos” de beleza de bom grado) e fui lá falar com ela porque – sim – o cabelo dela é um ruivo maravilindo. <3 Contei pra ela a minha saga capilar resumidamente e perguntei que numeração/marca de cor ela usava. E ela não só me respondeu, como foi a pessoa mais fofa do mundo me dando a dica de onde comprar. Ela ainda me deu o número dela, ficando à disposição para conversar mais sobre o assunto e trocamos algumas figurinhas por mensagens!

Ela usa as cores 9.43 + 8.4 da Keune, com água de 30 volumes. Mas, quando fui lá no local indicado comprar, não tinha a 8.4 – QUÉN! Então, comprei as cores 9.43 + 7.43. A moça da loja também me indicou comprar a água de 20 volumes, para não agredir tanto o cabelo, na embalagem de 1L, que sai beeeeem mais em conta e não precisa ficar comprando vidrinho pequeno todo mês.

cartela-de-coloracao-de-cabelo-keune

Cartela de cores Keune. [Clique para ampliar.]

cores-e-agua-keune

Minhas comprinhas Keune: água 20 vol. 1L e tintas 9.43 e 7.43.

Como comprei as duas cores para misturar, elas renderam duas aplicações. A primeira aplicação da Keune foi mais ou menos 30 dias depois da aplicação da Matrix. A cor abriu um pouco, mas, com o passar dos dias, o maRvado do loiro continuou aparecendo um pouco nas pontas (que continuaram mais escuras que o topo do cabelo), ainda que mais discretamente. Contra a luz dava pra notar mais!

Como meu cabelo não cresceu tanto em 30 dias, resolvi esperar cerca de 45 dias para pintar novamente. Nessa nova aplicação da Keune, a cor abriu ainda mais e as pontas do cabelo estão começando a ficar com a mesma cor do topo – YAY! \o/ Vejam o progresso:

processo-ruivo-zilma

Matrix 7.3 ou 7.4 >> Keune 9.43 + 7.43 1ª aplicação >> Keune 9.43 + 7.43 2ª aplicação.

PRÓXIMOS PASSOS

Para a próxima pintura, precisarei comprar tintas. Espero que tenha a 8.4 pra comprar com a 9.43, porque eu ainda quero abrir um pouco mais a cor! #oremos

Volto aqui pra contar pra vocês os novos resultados. 😀

DICA

Pra finalizar, uma coisa muito bacana que achei nas minhas pesquisas foi a tabela abaixo, super didática, que ensina como escolher a cor pelo número de base (que vem antes do ponto) e o que vem depois do ponto. Assim, fica muito mais fácil você acertar.

tabela-nuances-cosbel

Quando a tinta é 9.43, por exemplo, significa que ela tem reflexos acobreados dourados. O primeiro número, no caso o 4, indica a nuance mais presente. Babado, né?

É isso, gente! O que acharam do meu ruivo e das dicas? Me contem tudo e, se tiverem mais dicas, mandem também. Vou adorar <3

Joga na rede!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone