girl_dream_with_exAcordou com uma sensação estranha no estômago, sem saber se tivera um sonho ou um pesadelo. “Pesadelo, claro! Desde quando sonhar com o ex é uma coisa boa?”, pensou. Pouco depois, à mesa do café, a mãe pergunta:

– Vem cá, e o Fulano, como está? Nunca mais soube dele!

Claro que a mãe não ouvira mais falar dele, afinal, quem fica por aí falando sobre o ex? Ela é que não! Pegou a bolsa, os livros, o caderno, e foi para a faculdade. Mais uma aula da disciplina mais exaustiva do semestre. “Aqui eu vou me concentrar”. Mas o pensamento vagou mais uma vez até aquela estranha coincidência. Primeiro o sonho, depois o repentino interesse da mãe. “E agora, qual o próximo sinal?”.

cellphone-with-heart-notification

Na tela do celular, uma notificação: Fulano enviou uma solicitação de amizade.

 

“Ok, só pode ser uma conspiração!”. Eles já não se falavam há quase um ano e agora isso? Mesmo durante a aula, desbloqueia o telefone sem nenhuma cerimônia, clica no perfil dele e navega devagar pela timeline. “Quem é essa pessoa? Como ele estará agora?”. Para ela, já não passa de um estranho. “Será que ele mudou? Será que casou? Por que me adicionou exatamente hoje, quando tudo já me fizera lembrar dele?”.

A sensação estranha voltou à boca do estômago. Na solicitação de amizade, clicou em aceitar. “É apenas uma rede social e tudo que aconteceu já passou há tanto tempo”…

cellphone-with-heart-notification

Na tela do celular, outra notificação: – Oi!

 

Uma única palavra, uma sílaba, foi o suficiente para que aquela sensação inexplicável se transformasse em um vulcão, queimando-a toda por dentro, avassalador. Por um momento, lembrou das conversas na madrugada, dos beijos, das noites que passaram juntos. Lembrou também das lágrimas que chorou escondida, das noites sem dormir, das palavras ignoradas, da solidão.

Pensou no vulcão dentro do peito e na terrível sensação na boca do estômago. “Tudo isso vai passar, é uma questão de tempo”, ela sabia. “Mas isso ainda não passou”.

De volta ao perfil dele, clicou em bloquear.

Joga na rede!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone