E o Oscar vai para a figurinista do filme Mad Max – Estrada da Fúria!

Jenny Beavan

A noite de premiação do Oscar é sempre aquele desfile de belíssimos vestidos e dos maiores estilistas do mundo competindo para suas criações aparecerem no tapete vermelho. Dior, Chanel, Gucci, Prada… São muitos nomes de peso que a gente vê todo ano nos corpos das estrelas de Hollywood, mas poucos são realmente inesquecíveis. Por quê? Digamos que a originalidade anda meio em falta nas grandes maisons.

No meio de tantos longos tomara-que-caia, a gente só consegue lembrar mesmo de um deles quando acontece algo inusitado com a atriz que estava vestindo a peça. Jennifer Lawrence e seu belíssimo Dior do Oscar de 2014 que o digam!

lawrencepada

Mas, na noite de ontem, o figurino que roubou a minha atenção (e aposto que a de muita gente), foi o de Jenny Beavan, figurinista do filme Mad Max – Estrada da Fúria.  E quer saber por quê? Porque foi bem original e totalmente fora das expectativas de todos para uma premiação como o Oscar.

Digamos que o que se espera de uma figurinista é uma roupa de acordo com a ocasião, um traje de gala, que no caso seria um vestido longo para as mulheres. Mas por que, em pleno 2016, ela deveria optar por algo que não a deixaria confortável? Por que, em pleno 2016, ela deveria ir igual a todas ao invés de ir prestando uma homenagem ao filme que a consagrou na profissão que ela escolheu seguir?

O que Jenny Beavan nos disse ontem foi que o original, o inovador e até o inusitado sempre terão o seu espaço e muito valor. Olha só se essa jaqueta não é uma representação pura da criatividade e da originalidade dessa mulher!

Jenny Beavan Costas

O que quero com esse post é dar destaque a quem tem a coragem de ser diferente, sem ligar para os críticos de moda que estarão falando mal no dia seguinte. Jenny Beavan aproveitou bem o momento dela! Mas para quem também ama os vestidos longos das grandes maisons e espera ansiosamente para ver cada um deles passando pelo tapete vermelho, eu confesso que achei bem originais (#diferentona) o longo Givenchy de Rooney Mara, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante, e o longo Valentino da atriz Olivia Wilde.

rooney mara oscar 2016

Rooney Mara, de Givenchy

 

olivia wilde oscar 2016

Olivia Wilde, de Valentino

Então fica aqui o meu registro: o que tá na moda mesmo é a liberdade de ser quem você é!

Joga na rede!Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone